fbpx

Portaria 1: Av. Príncipe de Gales, 821,
Portaria 2: Av. Lauro Gomes, 2000

(11) 4993-5400
fmabc@fmabc.br

Centro Universitário FMABC

Premiação em Brasília coloca unidades do ABC entre “Melhores Hospitais Públicos do Brasil”

Pin It

Publicado em: 08/11/2022

Ibross, Opas/OMS, ONA e IES divulgaram hoje (08/11) resultado nacional com quatro hospitais do ABC eleitos entre os melhores do País, três deles administrados pela Fundação do ABC

O Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde (Ibross), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS), a Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Instituto Ética Saúde (IES), divulgou na manhã desta terça-feira, 8 de novembro, em Brasília (DF), um ranking inédito dos 40 melhores hospitais públicos do Brasil. Entre unidades avaliadas de todo o País, a região do ABC teve grande destaque com quatro hospitais eleitos entre os 20 melhores. O Hospital de Clínicas (HC) de São Bernardo conquistou o 19º lugar, enquanto o Hospital Municipal Universitário (HMU), no mesmo município, obteve a 12ª posição. Já o Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, foi eleito o 7° melhor do País. As três unidades são administradas pela Fundação do ABC. O 3º lugar ficou com o Hospital Estadual de Diadema.

“Essa premiação deve ser dedicada à população. Ela é a destinatária deste resultado. É por ela que nós executamos a atividade. São os municípios do Grande ABC, a Fundação do ABC e o Centro Universitário Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) que tanto se dedicam a essa atividade. Aqui comemoramos a população que é atendida, que recebe esse trabalho como uma prestação de serviço, não um favor, mas uma obrigação de nossa entidade, munida de todos os esforços e do coração que movimenta a saúde, que é o SUS (Sistema Único de Saúde)”, declarou o presidente da Fundação do ABC, Dr. Luiz Mário Pereira de Souza Gomes, ao completar: “São Bernardo, Santo André e São Caetano estão sempre empenhadas, por meio da FUABC, em realizar a excelência na Saúde, juntamente com a FMABC, que traduz o esforço e o carinho que temos pelas pessoas que precisam de nossa atividade e que recebem hoje este prêmio”.

A iniciativa liderada pelo Ibross teve como objetivo reconhecer as instituições hospitalares do Sistema Único de Saúde consideradas mais eficientes, bem avaliadas pelos usuários e que se destacam pela qualidade e pela segurança proporcionada aos pacientes. Participaram da seleção instituições hospitalares públicas com acreditação de qualidade ONA nível 3 (excelência) ou com acreditação internacional plena. Também foi considerado o tempo de acreditação. Ao todo foram 40 instituições premiadas em 11 estados brasileiros. A solenidade ocorreu no auditório Carlyle Guerra de Macedo, na sede da Opas, em Brasília.

“Nós sobrevivemos nesses últimos 3 anos, nessa luta toda, e o reconhecimento é muito bem-vindo. As equipes que se esforçam, que sofrem, são mais do que merecedoras. Sei que é um momento de alegria, mas não podemos deixar de reverenciar os colegas da saúde que nós perdemos ao longo deste caminho”, lembrou o secretário de Saúde de São Bernardo do Campo, Dr. Geraldo Reple Sobrinho, que também agradeceu às equipes do Complexo de Saúde da cidade, representadas na solenidade pela diretora-geral, Dra. Agnes Ferrari.

Diretor-geral do Hospital Estadual Mário Covas, Dr. Adilson Cavalcante agradeceu a premiação como 7° melhor hospital do País. “Com muita gratidão, o Hospital Mário Covas recebe esse título. Agradeço a todos que incentivaram e apoiaram o hospital, desde o início, a trabalhar com qualidade, e também a todos os cerca de 2.000 colaboradores, que em todos esses anos não mediram esforços para que esse prêmio fosse reconhecido. Somos um hospital de média e alta complexidade, 100% SUS, e esperamos estar aqui nos próximos anos, pois o nosso propósito é oferecer atendimento de excelência e qualidade para todos os pacientes”, declarou Cavalcante.

REPRESENTAÇÃO NACIONAL

O Ibross é a entidade nacional representativa das Organizações Sociais de Saúde (OSS), instituições do terceiro setor, sem fins lucrativos, responsáveis pelo gerenciamento de serviços de saúde do Sistema Único de Saúde em todo o País, em parceria com secretarias municipais e estaduais de saúde. Desde sua criação, em novembro de 2016, tem como objetivo disseminar o modelo de gestão de equipamentos de saúde como hospitais, ambulatórios, postos de saúde, unidades de pronto atendimento, clínicas de especialidades e serviço de atendimento móvel de urgência, realizado por meio de parcerias firmadas entre as organizações sociais e o Poder Público.