fbpx

Portaria 1: Av. Príncipe de Gales, 821,
Portaria 2: Av. Lauro Gomes, 2000

(11) 4993-5400
fmabc@fmabc.br

Centro Universitário FMABC

Mutirão de Cirurgias do Governo de SP vai atender mais 900 pacientes neste sábado no Grande ABC

Pin It

Publicado em: 02/09/2022

Parceria com a FMABC vai permitir a realização de mais de 2,7 mil procedimentos nas próximas semanas

O Governo de SP promove neste sábado (3) uma mobilização recorde para a realização de 9,2 mil procedimentos do Mutirão das Cirurgias. Serão consultas de avaliação pré-operatórias, exames e cirurgias em todas as regiões do Estado. Somente no Grande ABC serão mais de 900 pacientes atendidos neste sábado.

Uma parceria da Secretaria de Estado da Saúde com o Centro Universitário FMABC, em Santo André, vai permitir a realização de 2,7 mil procedimentos nas próximas semanas. Serão consultas e cirurgias de oftalmologia, urologia, vascular e cirurgia geral a partir deste final de semana. Somente neste sábado serão atendidos 600 pacientes com problemas na retina. Na região as ações também acontecem no AME Santo André, no Hospital Mário Covas e no Estadual de Diadema.

“Nosso ambulatório terá uma estrutura montada com 20 salas realizando atendimentos simultâneos, com cerca de 40 médicos responsáveis pelas consultas, exames e cirurgias, além de uma equipe de apoio com mais de 20 enfermeiros e recepcionistas”, explica Elisangela Rosa Lima, gerente dos ambulatórios do Centro Universitário FMABC.

Já no Hospital das Clínicas da Unicamp serão 2 mil avaliações pré-cirúrgicas para vesícula neste final de semana. No total, o HC de Campinas irá realizar 4,7 mil avaliações e cirurgias nos próximos sábados. Haverá procedimentos em urologia, oftalmologia e hérnia. A ação de Campinas também é recorde durante o Mutirão, já que o HC atenderá o maior número de pacientes em um único dia.

A ação ocorrerá em 33 hospitais e 45 AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) e envolverá mais de 2 mil profissionais de saúde que estarão exclusivamente nestas unidades durante o sábado para a realização dos procedimentos. O objetivo é acelerar a fila de cirurgias acumulada durante o período da pandemia, quando os leitos foram priorizados para o atendimento da COVID-19.

Todos os pacientes atendidos durante o Mutirão de Cirurgias aguardavam na fila da Cross (Central de Regulação e Ofertas de Serviços de Saúde) e foram agendados durante esta semana pelos 17 Departamentos Regionais de Saúde.

“Uma ação recorde do Governo de SP vai permitir agilizar os atendimentos da população que aguardavam desde a pandemia. Uma mobilização em todo o Estado com cirurgias e, também, com consultas pré-operatórias, um passo obrigatório para a realização dos procedimentos cirúrgicos”, destacou o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.