Atendimento
(11) 4993-5400
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

APRESENTAÇÃO

A Iniciação Científica (IC) é uma modalidade de pesquisa acadêmica desenvolvida por alunos de graduação em diversas áreas do conhecimento. Tem por objetivo despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes, mediante sua participação em projetos de pesquisa, introduzindo o jovem no domínio do método científico; e proporcionar ao aluno, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos, bem como estimular o desenvolvimento do pensar cientificamente e da criatividade decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas de pesquisa.
 
A FMABC apresenta um Comitê criado exclusivamente para organizar as atividades de IC na Instituição. Este comitê possui um Coordenador (Profa. Dra. Denise Maria Christofolini), um Vice-Coordenador (Profa. Dra. Bianca Bianco) e mais três membros (Profa. Dra. Monica Akemi Sato, Prof. Dr. Fernando Luiz Affonso Fonseca e Prof. Dr. Ricardo Peres do Souto).
 
A FMABC dispõe de dois tipos de bolsas a alunos de IC: PIBIC-CNPq e PIBIC-Institucional. As bolsas institucionais são concedidas em parceria pela FUABC e centros de estudos: NEPAS, e Instituto Ideia Fértil. Os procedimentos para solicitação de bolsas são unificados, assim como o calendário.
 
Além disso, as bolsas podem ser solicitadas durante todo o ano à FAPESP – Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo.

 

INSCRIÇÃO E SELEÇÃO

Os documentos necessários para a inscrição e os detalhes do processo de seleção são descritos em Edital publicado anualmente no final do mês de Maio. Os bolsistas escolhidos recebem ajuda de custo mensal durante doze meses (Agosto a Julho do ano seguinte) para desenvolverem suas atividades científicas. A escolha dos bolsistas será baseada em critérios exclusivamente científicos e acadêmicos, incluindo a relevância do projeto e a viabilidade de sua execução, cadastro do orientador como orientador permanente no programa de Pós-graduação da FMABC.
 
No caso da solicitação para a FAPESP, esta deve ser feita diretamente por orientador e candidato junto à agência. A Comissão de IC está à disposição de alunos e professores da FMABC para auxiliar na solicitação de bolsas da FAPESP.
 
No caso de projetos candidatos aprovados pelo edital anual do Programa de IC da FMABC, mas para os quais não haja bolsa disponível poderão receber um certificado expedido pelo Programa de IC da FMABC idêntico ao dos alunos bolsistas. Neste caso, estes estudantes precisarão cumprir os mesmos requisitos dos colegas bolsistas, tendo seus estudos julgados em relatórios semestrais e por apresentação no Simpósio de Iniciação Científica.
 

Requisitos e Compromissos do bolsista

a) Estar motivado para ingressar na carreira científica, apresentar excelente rendimento acadêmico e não ter reprovação em disciplinas afins com as atividades do projeto de pesquisa e nem ser do mesmo círculo familiar do orientador (parentesco até 2º grau);
 
b) Estar regularmente matriculado;
 
c) Dedicar-se integralmente às atividades acadêmicas e de pesquisa, em ritmo compatível com as atividades exigidas pelo curso durante o ano letivo, e de forma intensificada durante as férias letivas;
 
d) Não afastar-se da instituição em que desenvolve seu projeto de pesquisa, exceto para a realização de pesquisa de campo, participação em evento científico ou estágio de pesquisa, por período limitado e com autorização expressa da coordenação do Programa de Iniciação Científica na instituição, após solicitação justificada e endossada pelo orientador;
 
e) Não possuir vínculo empregatício nem receber salário ou remuneração decorrente do exercício de atividades de qualquer natureza, inclusive os de estágio remunerado, durante a vigência da bolsa (exceto PROUNI);
 
f) Nas publicações e trabalhos apresentados, fazer referência a sua condição de bolsista da FMABC;
 
g) Devolver à FMABC, em valores atualizados, a(s) mensalidade(s) recebida(s) indevidamente, caso os requisitos e compromissos estabelecidos acima não sejam cumpridos;
 
h) No caso de renovação, não ter tido nenhuma reprovação em qualquer disciplina do curso no período em que foi bolsista;
 
i) Ser selecionado e indicado pela instituição;
 
j) Apresentar relatórios parcial e final de atividades contendo os resultados de acordo com o desenvolvimento do projeto aprovado. A não apresentação desse relatório poderá acarretar a suspensão da bolsa.
 
 
Espera-se do bolsista de IC uma dedicação semanal mínima de 12 horas durante a vigência da bolsa. Este tempo pode ser dividido entre atividades práticas e estudos, sempre relacionados ao desenvolvimento de seu projeto científico.
 
Os bolsistas de IC são proibidos de apresentarem vínculo empregatício ou acumularem bolsas. Esta restrição não se aplica a no caso do PROUNI e FIES, pois o CNPq considera se tratarem de benefícios com finalidades distintas e não conflitantes.
 
A responsabilidade pelo projeto de pesquisa cabe ao orientador, mas o candidato deve estar preparado para discuti-lo e analisar os resultados. Além disso, também é de responsabilidade do aluno a confecção dos relatórios referentes ao seu projeto, bem como apresentar os resultados do estudo no Congresso Médico Universitário do ABC, na sessão de Iniciação Científica.
 

Resultados Iniciação Científica

 

Orientadores

Uma das questões mais importantes na Iniciação Científica é a escolha do orientador.
 
O orientador deve ser um docente ou profissional ligado à faculdade que apresente título de doutor, tenha capacidade para orientar o trabalho e possa oferecer as condições para o estudante desenvolver seu trabalho. Em outras palavras, o orientador é responsável por garantir o ambiente adequado para que a pesquisa possa ser desenvolvida (laboratório, ambulatório etc.) que seja devidamente aparelhado com todos os recursos necessários (computadores, equipamentos, reagentes etc.).
 
 Na escolha do orientador, uma das formas de avaliar sua qualidade é analisar a respectiva produção científica, principalmente artigos publicados. Todos os pesquisadores brasileiros devem apresentar seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes do CNPq e atualizá-lo frequentemente (http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/busca.do?metodo=apresentar).
 
Confira a Lista de Orientadores 
 

Programa Santander Universidades

Edital
 
 

Programa Santander Universidades - Resultados

- Amanda de Vasconcelos Ferreira
- Bianca Bispo dos Santos
- Carolina Fuin Zauith
- Cláudia Rose Santos de Oliveira
- Ingrid Binelli de Paula
- Leticia Mota de Souza
- Luísa Menezes de Carvalho
- Nathalia Barreira Attina
- Raphaella dos Santos
- Tuanny Souza Lanza
 

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES

- Calendário 2017 - 2018

 

AGÊNCIAS DE FOMENTO

 
- CNPQ
 

 

EDITAIS

 

 

CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

 
Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.
 
O projeto prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação. 
Procedimentos para concorrer às bolsas do programa:
 
• Acompanhar na página do CNPq/Ciências sem Fronteiras a abertura dos editais. Os editais são para diversos países e contemplam as diversas áreas do saber.
• Caso se interesse por um dos editais, entrar na página do mesmo para avaliar se este contempla a sua área acadêmica e os requisitos necessários para participar
• Se todos os requisitos puderem ser cumpridos, preencher a ficha de inscrição disponível no site do Ciências sem Fronteiras
 
• Preencher na secretaria acadêmica uma requisição de estágio no exterior:
 
Neste documento devem constar:
 
• Nome, RG e CPF;
• Curso;
• Países de destino/universidade;
• Data da viagem;
 
Após preenchimento o documento deverá ser entregue na secretaria acadêmica e protocolado. Ele será encaminhado ao coordenador do curso de graduação que deve autorizar o estágio do aluno. Com este aval, o coordenador de mobilidade internacional da FMABC fará a homologação da inscrição do aluno junto ao CNPq ou CAPES.
 
Para maiores informações acesse: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf
 


 

RESULTADO CIÊNCIAS SEM FRONTEIRAS

Os alunos Gabriel Faria Medeiros, Luciana Campi Auresco e  Philipe Franco do Amaral Tafner, do curso de Medicina, foram selecionados para participar do Programa Ciências sem Fronteiras, no Reino Unido e Canadá. O processo contou com candidatos de todo o país. A classificação não é garantia de aprovação final, pois há outras etapas a serem verificadas conforme respectiva Chamada, porém é um grande passo alcançado por estes alunos. Parabéns!


 

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Anualmente, os alunos de Iniciação Científica são avaliados na instituição, em evento onde são apresentados os resultados do projeto aprovado, em exposição oral e/ou sob a forma de painel. O evento é o Simpósio de Iniciação Científica da FMABC, que é realizado concomitantemente com o COMUABC – Congresso Médico Universitário do ABC.
 
Nesse evento é fundamental, além da participação dos orientadores e bolsistas, a presença da comunidade acadêmica/estudantil. A FMABC incluirá esse evento em seu calendário de atividades.
 
Os resumos dos trabalhos serão publicados na edição especial da Revista Arquivos Médicos do ABC. A revista de Resumos é o veículo no qual a instituição divulga os resumos dos resultados obtidos pelos alunos de IC conforme seu plano de trabalho.
 
 
Para maiores informações:
 
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
Tel: (11) 4993-5426
 
Av. Príncipe de Gales, 821 – Prédio CEPES, 1º andar – Santo André/SP, CEP 09060-650.
 

 

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO 2017

- Formulário de inscrição


 

PUBLICAÇÕES ALUNOS IC

 
Ação dos medicamentos homeopáticos Arnica montana, Gelsemium sempervirens, Belladonna, Mercurius solubillis e nosódio sobre o crescimento in vitro da bactéria Streptococcus pyogenes
 
Homeopathy: a possible weapon against multidrug-resistant bacteria to antibiotics


 

FIM