Portaria 1: Av. Príncipe de Gales, 821,
Portaria 2: Av. Lauro Gomes, 2000

(11) 4993-5400
fmabc@fmabc.br

Centro Universitário Saúde ABC

Alunos de Medicina abordam temas ligados à Covid-19 no ‘ABC da Pediatria’

Pin It

Desde 2018, plataforma on-line orienta e tira dúvidas nas áreas de Pediatria e Puericultura

Temas frequentes relacionados à saúde infantil, dúvidas dos pais e as situações mais comuns envolvendo a Pediatria e a Puericultura são o foco de alunos do 4º ano de Medicina do Centro Universitário Saúde ABC / Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) no ‘ABC da Pediatria’ – canal on-line com postagens periódicas no Facebook e Instagram. A iniciativa comandada por acadêmicos monitores da disciplina de Pediatria teve início em 2018 e, em função da pandemia do novo coronavírus, desde meados de abril deste ano tem destacado assuntos ligados à Covid-19.

Entre os temas já disponíveis estão postagens sobre “Você sabe o que é a Covid-19?”, “Atenção! Como podemos proteger nossas crianças?” e “Sintomas do novo coronavírus nas crianças”. Segundo a equipe do ABC da Pediatria, estudo publicado no início de março sugere que as crianças são tão propensas a se infectarem quanto os adultos, apesar de apresentarem menos sintomas e menor risco de desenvolver a doença em sua forma grave. “Mesmo assim, devemos tomar medidas de prevenção para que nossas crianças não sejam expostas aos riscos dessa infecção, já que existem relatos de casos mais graves entre os pequenos”, alertam os acadêmicos da FMABC.

Os sintomas da Covid-19 nas crianças são semelhantes aos de uma síndrome gripal, como febre, tosse, congestão nasal, coriza e dor de garganta. Contudo, também podem ocorrer aumento da frequência respiratória, sibilos (chiado) e pneumonia. Sintomas gastrointestinais, como vômitos e diarreia, podem ocorrer e são mais comuns em crianças do que em adultos.

TRABALHO CONJUNTO
O ABC da Pediatria é feito por alunos do 4º ano de Medicina, monitores da disciplina de Pediatria, e está sob responsabilidade da coordenadora da Monitoria de Pediatria, Dra. Maria Regina Domingues de Azevedo, e do vice-coordenador, Dr. José Kleber Kobol Machado. Médicos residentes e professores de diversas áreas também contribuem, conforme os temas a serem abordados. Por meio das redes sociais, o objetivo é passar orientações confiáveis, baseadas em evidências científicas, e esclarecer dúvidas de pais, responsáveis e educadores de bebês, crianças e adolescentes, assim como dos próprios pacientes, demais acadêmicos e profissionais da saúde.

Trata-se de uma atividade acadêmica e de extensão, que leva ao aprendizado a partir de pesquisas bibliográficas e orientação dos docentes sobre os temas em desenvolvimento. Além do conhecimento técnico adquirido, o projeto também possibilita a vivência prática com o público nas redes sociais, permitindo que os estudantes entendam as principais dúvidas, demandas e os questionamentos mais frequentes.

Interessados podem acompanhar as postagens no Facebook pelo @pediatriaabc e no Instagram pelo @abcdapediatria_. Vale ressaltar que, seguindo os preceitos da ética médica, esses espaços on-line não realizam consultas individuais e têm somente o intuito de divulgar conteúdo informativo ao público.